17 de jan de 2013

Salve vidas!

"Em que ponto a raça humana – que de humanitária não tem nada – chegou? Pessoas sem quaisquer tipos de escrúpulo fazem coisas como essa, ferem o próximo e vangloriam-se, acham-se o máximo... Não estou aqui pra escrever: se virem casos como esse denunciem! Não! Esse país fajuto não serve pra nada a não ser cobrar impostos absurdos. Segundo a constituição de 1998, os animais “são” tutelados pelo Estado, ao qual cabe a função de protegê-los. Os atos de abuso e de maus-tratos configuram crime ambiental e devem ser comunicados à polícia, que deveria registrar a ocorrência, instaurando inquérito. Mas como estamos cansados de ver que órgão nenhum vai até o local prestar quaisquer tipos de socorro, fizemos por nós mesmos. Poucas pessoas têm iniciativa e coragem de salvar vidas tão importantes quanto a sua e eu digo coragem porque além de ver animais agonizando, por atitudes atrozes de pessoas com mente fraca, mente poluída e atacada pelo sistema brasileiro, quem vai pagar os danos feitos pelo mesmo “ser” citado anteriormente? Quem tem conhecimento sobre o assunto sabe: resgatar animais requer custos e o mesmo é muito alto, desse modo, muitos deixam de socorrer os anjinhos por falta de recursos, mas vou-lhe escrever uma coisa e que fique bem clara: TODOS OS SERES TEM O MESMO VALOR NO MUNDO. NEM UMA VIDA VALE MAIS OU MENOS QUE OUTRA! Se você não tivesse dinheiro e seu filho perdesse um olho... Você iria sacrifica-lo por isso? Você iria deixa-lo agonizando até se folgar? NÃO! Você iria tomar as medidas necessárias para tê-lo ao seu lado, independente de custos, você poderia, até, varrer o chão da cidade se fosse preciso. E essa vidinha que faz parte da sua família, que te espera chegar em casa todos os dias, que, graças a você e ao seu carinho, tem uma vida maravilhosa... Essa vida de sorte tem menos valor do que aquelas que estão nas ruas passando frio, fome, sede, medo...? Não tem! Você pode ama-la mais do que os outros, você pode dizer que ninguém pode te obrigar a sair salvando cães na rua... Com razão, ninguém pode. Mas você pode ter obrigações, de fazer o bem, com você mesmo, ninguém precisa te pedir... Use seus olhos para enxergar e não simplesmente olhar. Faça o bem, eduque seus filhos de modo a protegerem a vida de seus semelhantes. E tudo será muito bem recompensado, todo o esforço, todo ao carinho e a compaixão dedicada no próximo vai ser bem paga, não em dinheiro - pois, como já sabe, ele não cai do céu – e sim com o olhar grato do anjo que você acabou de tirar do caminho da dor."
(Muitas pessoas irão me criticar por esse texto, tudo bem. Esse é um comportamento bastante humano: criticar o trabalho feito e não fazer nem metade dele.)
Por Bruna Mohr

Nenhum comentário:

Postar um comentário